Pedro, Cade a Ju?

 
Aviso
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
 
31 July 2015
Pedro

Vancouver

 

# Dias: 3 (Julho, 2015)

Vancouver é uma cidade linda. Tem uma orla deliciosa, edifícios envidraçados de cair o queixo, parques muito agradáveis e, convenhamos, a capacidade de causar inveja em nós brasileiros ao desfilar aquelas casas todas bonitas, sem grades e com jardins floridos. Apesar de termos ficado bem pouco tempo por lá (uns dias antes e outros depois do nosso cruzeiro pelo Alasca), tivemos a imensa sorte de estarmos hospedados no centro da cidade justamente no dia de um festival brasileiro na Granville Street, com direito a show de capoeira, desfile de samba (bem fraquinho, aliás), brigadeiro, pão de queijo, guaraná e feijoada (mesmo assim, a Ju preferiu comer no Five Guys!) e na frente da praia na noite em que aconteceria a bela apresentação de fogos de artifício da equipe brasileira no Honda Celebration of Light (uma competição anual, envolvendo três países diferentes). As ruas foram tomadas por uma multidão desde cedo para assistir aos vinte e cinco minutos de show. Repleta de estrangeiros, difícil mesmo foi encontrar um único canadense em Vancouver.

Onde Dormimos: Hotel Ambassador (razoável -- avaliação tripadvisor) e Buchan Hotel (bom -- avaliação tripadvisor).

Fica a Dica: Alugar uma bicicleta e dar a volta completa no Stanley Park. Não o fizemos e acabamos nos arrependendo.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar