Pedro, Cade a Ju?

 
Aviso
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
  • Não foi possível instanciar a função mail.
 
9 August 2015
Pedro

Oaxaca

 

# Dias: 3 (Agosto, 2015)

Da confusão cinza da Cidade do México, fomos em um ônibus noturno para a colorida e quase pacata Oaxaca. De lá, aproveitamos para visitar as ruínas de Monte Albán e as formações calcárias de Hierve el Agua (e entre um e outro, ainda enfrentamos aquelas paradas turísticas tipicamente desnecessárias em Tule para ver uma árvore de mais de 2.000 anos, em Mitle para ver mais ruínas e em uma fábrica de mezcal para degustar dezenas de misturas). As meninas se divertiram bastante no mercado (e disseram ter feito ótimos negócios por lá), enquanto o Pedro descansava no ar condicionado do hotel. Todos os dias, após o anoitecer, muita gente se concentrava em frente à catedral para bater papo e tomar algo refrescante! Com o calor que fazia por lá, já não víamos a hora de seguir para a praia, a nossa próxima parada.

Onde Dormimos: La Casa Carlota (ruim -- avaliação tripadvisor).

Fica a Dica: O Monte Albán merece uma visita.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar