Pedro, Cade a Ju?

 
 
3 September 2015
Pedro

Antígua Guatemala

 

# Dias: 3 (Agosto, 2015)

Das cidades coloniais da América Central que visitamos, talvez Antígua seja a nossa preferida. Com as fachadas coloridas de sempre, as incansáveis mulheres vendendo tecido em traje típico (a Ju garante dicas de boas comprinhas por lá) e uma infraestrutura adequada para qualquer tipo de viajante, a cidade nos recebeu com um quarto lindo em um casarão de época e uma parrilla com direito a feijão com arroz. A comida até lembrou a culinária de Minas (mas não era tão boa como a do Xapuri)! As casas antigas e as ruas de pedra também nos lembraram da nossa ida a Tiradentes. Mas todas as semelhanças acabavam por aí. No Brasil, não temos um vulcão ativo como o Pacaya pairando sobre a cidade (e sim, nós fizemos aquele roteiro ingrato: acordar antes do sol nascer, enfrentar um bom tempo de estrada, subir uma trilha íngreme no meio do mato por duas horas, etc.). E, lá em cima, até assamos marshmallow no calor vulcânico. E aquele calor que saia do chão sem parar não nos deixava esquecer daquela última erupção de 2010! Ao descermos, ainda fomos premiados com um arco íris em volta do sol. Algo que nunca tínhamos visto na vida.

Onde Dormimos: Hotel La Casona de Antígua (bom -- avaliação tripadvisor) e Hotel Las Camelias Inn (bom -- avaliação tripadvisor).

Fica a Dica: Fique no Hotel La Casona de Antígua. É um pouco longe do centrinho, mas realmente vale a pena.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar