Pedro, Cade a Ju?

 
 
12 September 2015
Pedro

La Fortuna

 

# Dias: 2 (Setembro, 2015)

Em La Fortuna, encontramos a máfia dos táxis, muitas atividades para ecoturismo, uma pérola chamada Eco Termales e o vulcão Arenal (de onde o Pedro pensava que iria ver lava escorrendo, mas um “tico” nos informou que estávamos “apenas” 5 anos atrasados – a última erupção terminou em 2010). Chegamos no final da tarde, em um dia feio e abaixo de chuva. A nossa vontade era caminhar pelas pontes suspensas e depois descansar em uma das muitas piscinas termais. Tudo dependeria do clima no dia seguinte. E quando acordamos, demos de cara com aquele solzão! Mas, como descobriríamos um pouco mais tarde, só para ir e voltar das tais pontes os taxistas queriam mais de 60 dólares (uma corrida de menos de 20 quilômetros). E depois ainda tínhamos que pagar os ingressos para subir na copa das árvores e outro para relaxar nas águas quentes. Deu uma preguiça de brigar com esta gente, decidimos pagar 6 dólares para nos deixarem no Eco Termales e passamos a tarde toda quase que sozinhos em piscinas termais no meio do mato. Enfim, era a cara da Costa Rica mesmo: R$100 para tomar café da manhã, ficar ilhado e sem saída depois de devolver o carro alugado e ainda ter que ouvir de todo mundo que está passando a mão no seu dinheiro um “pura vida”.

Onde Dormimos: Hotel Rancho Cerro Azul (bom -- avaliação tripadvisor).

Fica a Dica: Se for tomar banho nas piscinas termais, escolha a Eco Termales.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar